quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Hoje é o MEU dia, que dia mais feliz :-)




Eu sempre tenho muito a agradecer, à Deus, as pessoas e a vida!
OBRIGADA!!!

Ahhhh não quero mensagens nem e-mails, quero ouvir a voz de vocês :-)


"Gostaríamos de lhe desejar tantas coisas, mas nada seria suficiente...
Então, desejamos apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam lhe mover a cada minuto, ao rumo da sua felicidade!"
(Carlos Drummond de Andrade)


Brindo a casa. Brindo a vida. Meus amores. Minha família...
Brindo a casa. Brindo a vida. Meus amores. Minha família...
Brindo a casa. Brindo a vida. Meus amores. Minha família...

Atirei-me ao mar Mar de gente onde Eu mergulho sem receio
Mar de gente onde Eu me sinto por inteiro...

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Sobre os defeitos :-)


Difícil pensar e ter consciência sobre nossos defeitos. Estranho demais escrever sobre isso, fico tentando o tempo todo me justificar para mim mesma...rs... Que patética!

Nunca conseguimos olhar só para os nossos defeitos. Queremos fazer em contrapartida, uma lista de qualidades também... comecei a escrever esse post com a intenção de colocar só os defeitos, mas minha mão tá aqui coçando pra falar sobre minhas qualidades, ou fazer uma lista paralela.

Mandei e-mail para alguns amigos me ajudarem nessa empreitada, e muitos mandaram a lista de qualidades também (bonitinhos), mas vamos aos meus defeitos quase conscientes:

- Sou desligada

- Bagunceira
- Espaçosa (não dá uma brecha, que entro mesmo..kkk)
- Eu fumo!
- Falo muito palavrão
- Impaciente com pessoas
- Falo alto
- Peço muito

- Às vezes sinto pena de mim mesma
(Nossa esse eu detesto com todas as minhas forças)
- Me considero a DONA DA VERDADE
- Tenho opinião pra tudo
- Fechada
- Seletiva com coisas e pessoas
- Calada às vezes
- Mandona
- Muito crítica
- Não gosto de demostrar o que sinto
- Política
- Egocêntrica
- Egosísta

Respostas do e-mail que mandei para os meus brothers:

By Paulinha:
* gasta mto $$ c/ show (ahahahahahah)
* fuma (ahhh esse já tinha)
* nao cumpre horarios (kkkk essa é muito minha cara)

By Luli
* Pidona (falei... kkk)

By She
* Fuma
* Fuma (nem fumo tanto assim gente, juro!)
* Bebe
* Bebe (nossa tô me sentindo alcolátra...rs)
* As vezes é desencanada demais (com compromissos, horários)

By Thiago Rocha
Cris,

Me mágoa muito o fato de fazer uma pergunta pra voce e ser atendido 9 dias depois... Acho que voce poderia melhorar isso, pois como colegas de trabalho nós deveríamos ter uma comunicação mais efetiva.
hháháháháháháháháháháháháá


By Gabi
*vc sempre diz sim pra tudo
- sou liberal demais é isso?
não, só quando está dormindo...
*e é bonita demais
kkkkkkkkkkkkkkkk

By Cinci
DORMINHOCA?

By Karine
Acho que sigo a Pá...fuma e não é pontual.

By Rose
* Não vai em todos os eventos em que é convidada.

By Laiz
* O problema é que eu não sei quando você está falando sério e quando você está brincando... hahaha

By Alê Elias
* Não liga muito para organização das coisas.

By Maria Cristina
* chegar e não comprimentar



E VOCÊ, CONHECE UM DEFEITO MEU?
DIZ AÍ...


Chove chuva :-)


Anote tudo que puder
Anote tudo que ver
Não se sabe o que sucede
O que pode acontecer...

Detalhes fazem
Fazem diferença
Detalhes fazem
Toda a diferença
E é bobagem
Já é tarde
Esqueça!...

Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Êh! Êh!
Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Quieto!...
-------------------------------------------------------------------------

A arte ainda Se mostra primeiro...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Formatura do Rafa :-)


"A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo. "
( Nelson Mandela )

sábado, 11 de dezembro de 2010

Natal Feliz :-)

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse caridade (amor), seria como o metal que soa ou como o sino que tine. (I Coríntios 13)





Meu mais sincero OBRIGADA!

Evailton
Érika
Luíz Henrique
Luli
Ângela
Rocha
Lica
Valmir
Diego Jorge

Diego Minatti
Fernanda
Rosana
Adriano
Jhony
Vanessa
Sheila
Karina e Eger
Marcelo
Eliana Madureira
Edilene Madureira
Tia Sônia
Drica


Amo vocês :-)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Acabouuuuuuuuuu :-)



(que loira... kkkk)
DICA (Barzinho):
Katanga Bar
Rua: Tangará, n° 137/147 - Vila Mariana
Esquina c/ França Pinto
(11) 5573-7803


Lugar bacana com comida japonesa!
Ehhhhhhhhh nem acreditoooooo!
Lindo, lindo... parece que esse semestre não ia acabar nunca... kkkk
Agora é correr com o resto!

Aí que felicidade!!!


Ahhhhhhh queria postar meu projeto aqui, mas como pretendemos comercializar, nem rola.
Mas, em breve posto fotinhos da galera (dito e feito).


Bjus e boa noite!

PARABÉNS!!!

Cris :-)

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Sobre Cavalos Partidos...


Estou no comecinho, mas já estou amando:

- A coisa mais importante na vida é aprender a cair - dizia papai sempre.

Bora?



Data: 28/11/2010
Horário: 09h
Local: Parque Chico Mendes- Osasco
Percurso Aproximado: 6km
Valor das Inscrições: R$ 45,00
http://www.junglerun.com.br/

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eu quero :-)

Coisas lindas de morrer...

Imã de Geladeira >>


Tapete >>


Porta Retratos >>



Quero todos, e todo o resto que tem no site:
http://www.meninos.us/
Amooooooooooo :-)

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Sobre a minha irmã :-)


O nome dela é Adriana, e o aniversário dela foi já faz alguns dias... 09 para ser mais exata. Mas, eu tenho que escrever sobre ela.

Acredito fielmente que a vida é um infinito aprendizado, e que estamos aqui por esse propósito, sem demagogia é no que realmente acredito. E creio que os maiores aprendizados da vida vem das relações que estabelecemos. Por isso, me empenho muito em construir relações de qualidade, e de trocas.

Minha irmã é sete anos mais velha que eu, e foi a maior referência da minha personalidade. Olhava ela adolescente, sempre tão linda, extrovertida, atraente, independente e pensava: - É assim que eu quero ser um dia! A impressão que eu tenho é que um mundo inteiro gira em torno dela, como uma estrela mesmo. É assim que a veja.


Admiro demais essa mulher, claro... ela é cheia de defeitos como eu e você, mas na minha vida ela é especial... vai ser sempre. Não tivemos uma infância e adolescência muito próximas em função da diferença de idade e quando começamos a nos aproximar, ela casou (tivemos que dividir o guarda-roupa) e ela foi construir a família dela.

Depois foi a minha vez de casar, de ter filhos e lembro de nós duas no telefone quando eu contei que estava grávida, do rosto dela no quarto do hospital quando minha primeira sobrinha nasceu, dos sorrisos, das lágrimas, dos passos, da preocupação, dos infinitos abraços, dos telefonemas, da proximidade, da distância, do ombro, do colo, das fofocas...

É incrível como as nossas relações com irmãos e pais são intensas, cheia de trocas, de vivências e de histórias. Só de pensar em tudo o que já passamos juntas...

Irmã querida,

Estamos longe mas, te sinto aqui bem pertinho do meu coração.
Suas filhas são minhas, assim como meus filhos são teus.
Te amo infinitamente, quero estar sempre perto, partilhando as dores e as alegrias...
Quero que você saiba que pode sempre, sempre, sempre contar comigo.

(Pode gritar, que corro pra aí)
Estarei sempre aqui para você!

Desejo que você tenha todo o amor que a vida pode oferecer a alguem, e toda a paz!


Obrigada por ajudar a fazer de mim o que sou :-)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Daniele Aline Wrechiski


A gente se conhece há muito, muito tempo mesmo.
Do tempo em que a vida era só uma brincadeira boa e divertida...

Eu aprendo muito com ela, e graças a santa tecnologia voltamos a ter contato diário!

O dia hoje está perfeito e reflete exatamente o que essa menina-moça é, porque seu sorriso faz o sol se abrir em dias nublados!

Lembro-me da gente no telefone um dia desses, eu do lado de cá chorando, chorando como uma criança e ela dizendo que queria estar perto pra me dar um colinho... rs
Eu sei, eu sei, deveria ser o contrário...

Amiga, a última lembrança que tenho nossa é de um dia lindo de sol e de nós cantarolando na estrada... ADORO A CENA!

Amo você, obrigada por fazer parte da minha estória, pela adolescência maravilhosa, por partilhar tanta vida comigo.

Te amo :-)

PARABÉNS! CURTA MUITO SEU DIA.
É uma pena que a moita acaba... hahahaha

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Dona Cila

Foi com o peito ainda dilacerado pelo fim do seu casamento que Flávia M. entrou no Museu de Arte de Montevidéu. Quis ver uma exposição temporária de máscaras africanas, sem compromisso, durante uma viagem rapidamente providenciada pela família para que ela pudesse se distrair e relaxar. Ao examinar máscaras e utensílios expostos, seus olhos foram bater numa cuia ritual usada numa cerimônia realizada para aliviar o sofrimento.

A cuia era mergulhada num grande recipiente com um líquido amargo e passada de mão em mão para que cada um dos integrantes da tribo sorvesse sua parte e a passasse adiante. “Saber que a dor que estava sentindo não iria durar para sempre me aliviou demais.

Vi que era minha hora de beber da cuia, mas que, depois, ela seria passada à frente, para que outra pessoa pudesse experimentála”, conta Flávia. Quer dizer, de uma vez só e num curto passeio, a moça aprendeu algumas das grandes lições da vida: que o sofrimento nos torna iguais enquanto seres humanos, que todos passamos por ele e que exatamente por haver provado desse gosto é que podemos ser solidários com quem experimenta seu quinhão de amargor. A dor da perda pode sintetizar todas as dores. Ou seja, algo que se tinha como garantido simplesmente nos escorreu pelos dedos e não dá mais para recuperar. Acabou-se. Seja a perda de um amor, seja de um trabalho, da saúde, do prestígio ou da autoestima, enfim, de qualquer coisa que julguemos nossa, o fato é que nos encontramos diante da dor inexorável de quem perdeu. E esse sentimento pode nos afetar profundamente. A sabedoria, porém, está em saber que há diferentes maneiras de viver e reagir diante da perda, e ao doloroso período que a segue. É útil que conheçamos ao menos algumas delas.

Porque, mais cedo ou mais tarde, vai nos chegar a hora da cuia.

VIDA SIMPLES - 11/2010

{ Eu perco, tu perdes, ele perde } - Chá-tice


segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Don't Worry, Be Happy :-)


Não Se Preocupe, Seja Feliz

Aqui está uma pequena canção que escrevi
Você pode cantá-la nota por nota

Não se preocupe, seja feliz
Em toda vida existem problemas
Mas enquanto se preocupa você os duplica

Não se preocupe, seja feliz

Não se preocupe, seja feliz agora
Oo, ooo...
Não se preocupe, seja feliz

Não se preocupe, seja feliz
não tem um lugar para deitar a sua cabeça
Alguém levou a sua cama

Não se preocupe,seja feliz
Seu senhorio diz que o aluguel atrasou
Ele terá que questionar em juízo

Não se preocupe, seja feliz
Olhe para mim, Eu sou feliz
Não se preocupe, seja feliz

Deixe me dar o meu telefone
Quando voce se preocupar, me telefone eu te farei feliz
Não se preocupe, seja feliz

Não tem dinheiro e nem estilo
Não tem garota para fazê-lo sorrir
Nao se preocupe,seja feliz

Porque quando voce se preocupa sua face franzi
E isso leva todos para baixo
Então não se preocupe,fique feliz

Não se preocupe,fique feliz agora
Oo, ooo...
Não se preocupe,seja feliz
Oo, ooo...
Não se preocupe, não se preocupe, não faça isso ,seja feliz

Deixe um sorriso na sua face
Não deixe todos pra baixo
Não se preocupe as pessoas passarão logo
O quer que é isso

Não se preocupe,seja feliz
Eu não estou preocupado, eu estou feliz
Bob Marley

domingo, 10 de outubro de 2010

Sobre Comer, Rezar e Amar :-)


Trechos na minha opinião fundamentais no livro que faltaram no filme:

“Essa era a função dele, e ele foi ótimo, mas agora acabou. O problema é que você não consegue aceitar isso, que esse relacionamento tinha um prazo de validade bem curto. Você parece um cachorro fica lambendo uma lata vazia, tentando tirar mais comida lá de dentro. E, se você não tomar cuidado, essa lata vai ficar presa no seu focinho para sempre e tornar sua vida infeliz. ENTÃO LARGUE ISSO.

Estou feliz, saudável e equilibrada. E, sim, não posso deixar de notar que estou a caminho dessa linda ilhazinha tropical na companhia do meu namorado brasileiro. Isso -eu reconheço! — é um final de conto de fadas quase ridículo para esta história, que parece ter sido tirado do sonho de alguma dona de casa. (Talvez até do meu próprio sonho, de anos atrás.)

Porém, o que me impede de agora me deixar levar por um clima completo de conto de fadas é a seguinte e sólida verdade, uma verdade que realmente se entranhou nos meus ossos ao longo dos últimos anos: EU NÃO FUI RESGATADA POR UM PRÍNCIPE; EU ADMINISTREI O MEU PRÓPRIO RESGATE.

Lembro-me de algo que li certa vez, algo em que os zen-budistas acreditam. Eles dizem que um carvalho é criado por duas forças ao mesmo tempo. Evidentemente, há a pinha onde tudo começa, a semente que contém toda a promessa e o potencial e que se transforma na árvore. Todo mundo pode ver isso. Mas são poucos os que conseguem reconhecer que existe outra força em ação aí também - a futura árvore em si, que quer tanto existir que faz a pinha nascer, usando seu desejo para fazer a semente brotar do nada, guiando a evolução da inexistência à maturidade. Pensando assim, dizem os zen- budistas, é o carvalho que cria a pinha da qual ele próprio nasceu.



sábado, 9 de outubro de 2010

Capital :-)


Nem tudo é como você quer
Nem tudo pode ser perfeito
Pode ser fácil se você
Ver o mundo de outro jeito

Se o que é errado ficou certo
As coisas são como elas são
Se a inteligência ficou cega
De tanta informação

Se não faz sentido, discorde comigo
Não é nada demais, são águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe, não olhe prá trás

Você quer encontrar a solução
Sem ter nenhum problema
Insistir em se preocupar demais
Cada escolha é um dilema

Como sempre estou
Mais do seu lado que você
Siga em frente em linha reta
E não procure o que perder

Porque tudo é...


"Tudo é uma questão de manter
A mente quieta
A espinha ereta
E o coração tranqüilo"

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Aquilo que nos fere, é aquilo que nos cura...

- É possível desviar-se do caminho que Deus traçou? Sim, mas é sempre um erro. É possível evitar a dor? Sim, mas você jamais aprenderá alguma coisa. É possível conhecer as coisas sem verdadeiramente experimentá-las? Sim, mas elas nunca farão realmente PARTE DE VOCÊ.

- Aprendemos no passado, mas não somos fruto disso. Sofremos no passado, amamos no passado, choramos e sorrimos no passado. Mas, isto não serve para o presente. O presente tem seus desafios, seu mal e seu bem. Não podemos culpar ou agradecer o passado pelo que está acontecendo agora. Cada nova experiência de amor não tem absolutamente nada com as experiências passadas, é sempre nova.

“Nunca podemos ferir a alma, porque nunca podemos ferir Deus. Mas, ficamos presos à memória, e isso faz com que nossa vida seja miserável, mesmo que tenhamos tudo para ser felizes. Oxalá pudéssemos estar por inteiro aqui, como se tivéssemos despertado neste momento no planeta Terra e nos encontrássemos dentro de um templo coberto de ouro. Mas não podemos.”

Quantas pessoas conheço que são mestres quando falam mais incapazes de viver aquilo que pregam! Além do mais, uma coisa é descrever uma situação, outra é experimentá-la. Por causa disso, há muito entendi que um guerreiro em busca do sonho inspira-se naquilo que faz, e não naquilo que fica imaginando fazer.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Sobre a partilha...


"31. Independentemente se a situação é boa ou ruim, irá mudar."

..."Pois estou pra dizer que até a tristeza pode tornar um dia especial, só que não ficaremos sabendo disso na hora, e sim lá adiante, naquele lugar chamado futuro, onde tudo se justifica."


Amo demais :-)

Oração :-)


As lágrimas que me fizeram verter, eu perdoo.
As dores e as decepções, eu perdoo.
As traições e mentiras, eu perdoo.
As calúnias e as intrigas, eu perdoo.
O ódio e a perseguição, eu perdoo.
Os golpes que me feriram, eu perdoo.
Os sonhos destruídos, eu perdoo.
As esperanças mortas, eu perdoo.
O desamor e a antipatia, eu perdoo.
A indiferença e a má vontade, eu perdoo.
A desconsideração dos amados, eu perdoo.
A cólera e os maus tratos, eu perdoo.
A negligência e o esquecimento, eu perdoo.
O mundo, com todo o seu mal, eu perdoo.

O Aleph (Paulo Coelho)


terça-feira, 17 de agosto de 2010

CéU


Já que não estamos aqui só a passeio
Já que a vida enfim, não é recreio
Eu vou na bubuia, eu vou

Flutuo, navegando, sem tirar os pés do chão
365 dias na missão
Na bubuia, eu vou
Subo o rio no contrafluxo
À margem da loucura
Na fé que a vida após a morte,continua
Eu vou na bubuia, eu vou

Entoo uma toada em dia de noite escura
Na sequencia, na cadencia, na fissura
Eu vou na bubuia
Eu vou suave bebendo agua na cuia

Olho aberto, papo reto o peito como bússula
Nenhum receio do lado negro da lua
Que me guia, na bubuia
Eu vou, na bubuia, eu vou..

O destino é um mar onde vou me desfazer
Contente a deslizar na correnteza do viver
Na bubuia eu vou..
Eu vou na bubuia eu vou..
(Bubuia - CD Vagarosa)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

O Castelo de Vidro

Queria transmitir tudinho, tudinho o que estou sentindo com o término desse livro através de um simples pensamento... mas, como não dá... vamos ao que interessa.

Li e assisti algumas coisas interessantes nos últimos tempos e o post vale por essas dicas, destaques para: Melancia, O Guardião de Memórias e A Intimação (livros) e Preciosa (Filme). Mas de tudo o que li e vi nos últimos tempos não me apaixonava tanto assim por uma história desde Ramsés por isso ela ganha um post dedicado.

Li o livro em 02 dias (ainda bem que comecei na sexta)... De primeira devorei 60 páginas sem conseguir parar.

O Castelo de Vidro
Janette Walls
Páginas: 367
Ed. Nova Fronteira

A autora: Janette Walls

Coisas interessantes que achei a respeito do livro:

Entrevista com a autora "...Brad Pitt leva em breve ao cinema, numa produção bancada pelo próprio autor."

Visão "... E da metade em diante já estava convencida de que sua infância foi mais rica do que das nossas crianças que vivem trancadas em casa..."

Ao terminar a leitura quis saber: será que não estamos superprotegendo demais nossas crianças?

E mais: Por que desistimos de alguns sonhos nossos diante de um mísero "não"?"

De verdade, vale cada minuto lido!

Bjus :-)

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Luli


É partilha demais
É tempo de menos
Somos tão diferentes
Tão iguais
Vivemos tão intensamente
Temos tanta pressa
É na raça, é com sangue, é com suor, é com lágrimas
A estrada é longa, mas, o caminhar bem mais brando em sua companhia!


Acho que isso nem tem começo, e nem sei se precisa.
É assim um encontro de vida, um encontro de almas...
São tantas coisas em tão pouco tempo. É tanta vida partilhada, é tanta história vivida.

Obrigada por todos os momentos, por ser ombro, por ser colo, por ser carinho.
Te amo, e nem sei se essas palavras são capazes de descrever tudo, acho que nem tem como descrever tudo... mas você sabe, eu sei que sabe.

A produção é realmente perfeita, pensa em todos os detalhes!

PARABÉNS!!!
O dia é seu :-)